Encerramento IMP

 
ENCERRAMENTO IMP - 31 de Julho de 2022
 
A magia da vida é perceber que quando um ciclo se fecha, outro começa.
Como criar uma forma de vida mais saudável, harmoniosa e sustentável.
Esse é o legado do Instituto Macrobiótico de Portugal.
 
Depois de mais de 40 anos de actividade, o Instituto Macrobiótico de Portugal informa que irá encerrar. A nossa cozinha e loja encerram já no final do mês de Fevereiro mas as nossas aulas irão prosseguir até ao mês de Julho.
 
As dificuldades financeiras acentuadas nestes últimos três anos de pandemia ditaram o fim de um projecto de vida. Continuará, no entanto, temos essa convicção, através dos imensos alunos, professores, assistentes e demais interessados em promover uma Vida mais feliz para nós e para o Planeta.

Foram muitos anos dedicados a esta Grande Vida, que alia tradições milenares aos conhecimentos mais modernos. Quatro décadas a promover saúde e desenvolvimento pessoal, social e ambiental.
 
A longa jornada do Instituto, iniciada por Francisco Varatojo, pode ter chegado ao fim mas continua em cada um dos que, um dia, cruzaram as portas do Instituto nas mais variadas actividades promovidas. Foram inúmeras aulas, palestras, workshops, formações, showcookings, consultas, terapias, retiros e até festivais. 
 
O fim de um ciclo dita sempre o início de outro.
Para nós e para os milhares que cruzaram o nosso caminho, foi uma caminhada com desafios, mas gratificante e cheia de sentido.

A todos os alunos, professores, curiosos e interessados que, de alguma forma, nos procuraram, o meu muito obrigada.


 
Geninha Horta Varatojo 

 

Para confirmar a sua presença na festa que vai decorrer no dia 3 de Julho, clique neste link.

 

 

Até ao mês de Julho estamos com a escola a funcionar normalmente, com todos os cursos que já estão a decorrer e com muitos novos que estão ainda por vir. Continuarão a receber as nossas novidades.
Obrigada por continuarem por aí!
MISSÃO
Aliando as tradições milenares ao conhecimento moderno, o IMP dedica-se ao estudo da Vida, divulgando saberes e meios que promovam saúde e desenvolvimento, a nível pessoal, social e ambiental.
HISTÓRIA
O Instituto Macrobiótico de Portugal nasceu em 1985, fruto de uma vontade comum de partilhar e desenvolver uma série de saberes relacionados com saúde e bem-estar, alimentação natural e estilos de vida mais saudáveis e ecológicos.
Foi fundado por Francisco e Geninha Varatojo, tendo-se tornado, na altura, uma das delegações do Instituto Kushi de Boston, para além das várias situadas nas principais capitais europeias. O objetivo primordial do Instituto foi o de garantir uma vertente formativa que se considerava inexistente em Portugal. Desde o seu início, o IMP revelou uma atividade bastante diversificada, num país ainda muito fechado a temáticas relacionadas com a ecologia e a relação entre a saúde, o meio ambiente e a alimentação. Através de palestras regulares, atividades em escolas, cursos de culinária, publicações em revistas, organização de seminários e programas residenciais, o IMP começou lentamente a demonstrar a sua proatividade, consistência de princípios e pertinência de atuação.
O primeiro Curso Anual de Macrobiótica teve cerca de 20 alunos, maioritariamente de Lisboa, e foi o início de uma formação de referência que é, atualmente, procurada por alunos de todos os pontos, não só de Portugal, como da vizinha Espanha. Em Agosto de 1991, realizou-se o primeiro Campo de Verão no Algarve, que atraiu um bom número de jovens interessados na prática da Macrobiótica e medicinas alternativas. Em 1996, inicia-se a Escola de Shiatsu e, em 1997, o Curso de Anual Feng Shui e o Curso Anual de Culinária. Em 2014, inicia-se o Curso Terapêutico de Chi Kung, e em 2016, o Curso de Instrutores de Chi Kung. Todas estas formações constituem-se atualmente como os pilares curriculares do IMP. Em 2012 realizou-se o 1º Festival Zimp, um festival de saúde natural, agora na sua 7ªedição.
Com a diversificação de cursos e um interesse crescente da sociedade por temas como saúde natural, saúde ambiental, culinária macrobiótica, desenvolvimento pessoal, espiritualidade e muitos outros, o número de alunos e interessados tornou-se crescente. Atualmente, o IMP tem um vasto leque de atividades e todo o tipo de alunos e participantes, procurando, em conjunto com estes, contribuir para a criação de um mundo mais saudável, equilibrado e sustentável. Tornou-se um centro de referência e uma das instituições mais conceituadas a nível internacional, no âmbito da Macrobiótica e saúde natural.