Francisco Varatojo

Director

Francisco Varatojo desapareceu no mar, numa sessão de mergulho, no dia 6 de Julho de 2017 e foi encontrado no dia 7 de Julho de 2017. Um grande choque e uma perda enorme para o Mundo.

O Francisco é uma inspiração para todos nós e será para sempre o nosso querido Director.


Sou por natureza uma pessoa bastante inquieta e inquiridora, inquietude essa que se começou a manifestar quando era muito jovem.

Aos 16 anos, por iniciativa própria, deixei de comer carne, lacticínios, açúcar, alimentos processados e outros e comecei uma prática macrobiótica bastante rigorosa.

Os resultados obtidos foram tão surpreendentes que isso me fez viajar para os EUA, para estudar e viver de uma forma profunda esta filosofia.

Fiquei completamente convencido que o nosso estilo de vida e a nossa alimentação são os aspetos mais importantes para a criação de uma saúde mais robusta e de um planeta mais justo e sustentável.

Consequentemente, decidi viver a minha vida ensinando aos outros o que me tocou tão profundamente. Trabalhei em lojas, restaurantes, centros educacionais. Em conjunto com a minha mulher, Geninha, abrimos o Instituto Kushi (actualmente Instituto Macrobiótico de Portugal), dei e dou palestras, conferências e cursos em todo o País e um pouco por toda a Europa e resto do Mundo. Escrevi livros, artigos, participei em inúmeros programas de televisão e rádio.

Após 40 anos de uma atividade intensa e gratificante continuo com as mesmas convicções que me levaram a trabalhar nesta área. Aliás, acho que os tempos modernos necessitam ainda mais de uma mudança e realinhamento com as leis naturais.

Tenho 4 filhos, que desde o nascimento seguiram os nossos princípios e que, agora adultos, nos continuam a acompanhar neste modo de vida.

Gosto de música e literatura, fazer mergulho no oceano e correr por entre montes e vales. Sou um amante de natureza, onde me sinto cada vez mais em casa. 

 


Visite o website em homenagem a Francisco Varatojo, clique aqui.