Feng Shui | 2 artigos |

Neste início de 2007, venho propor-lhe a utilização de alguns conceitos de Feng Shui, uma milenar arte oriental que contribui para melhorar a qualidade do espaço onde habitamos ou trabalhamos. Tal com na acupunctura e noutras disciplinas similares a ideia subjacente a esta teoria é de que a harmonia e o bem-estar dependem de um fluxo harmonioso da energia vital, ou chi, ou ki.
Assim, aqui vão 3 sugestões simples para melhorar a "energia" da sua casa e começar o ano com o pé direito.
  1. Livre-se do excesso de tralha que não usa e não necessita. Abra e vasculhe todos os armários e ofereça, venda ou doe a uma instituição, tudo aquilo de que não precisa realmente e que também não irá precisar num futuro próximo. Vai ficar com muito mais espaço livre, sentir-se mais aliviado, menos agarrado ao passado, e outras pessoas vão provavelmente fazer bom uso daquelas coisas que já não lhe fazem falta.
  2. Coloque bastantes plantas verdes em casa - as plantas verdes são o melhor filtro de ar que existe e nenhum artefacto produzido pelo homem poderá alguma vez igualar a simplicidade e eficácia das plantas. E não se preocupe quanto ao uso de plantas no quarto: a menos que este se pareça com uma floresta tropical, as plantas não vão prejudicar seguramente o seu aporte de oxigénio.
  3. Evite o uso de televisões, computadores, impressoras, scanners, etc. nos quartos de dormir. Estes aparelhos provocam poluição electromagnética e influenciam negativamente o descanso e o sono.
Brevemente regressarei ao tema, com mais sugestões para melhorar o espaço.
Até lá, votos de um Feliz 2007.
 
FENG SHUI - 2ª Parte
O Feng Shui (que significa Vento e Água) é a arte oriental da organização do espaço. Tem cada vez mais adeptos em Portugal e existe um grande número de livros sobre o assunto publicados em português.
Já escrevi anteriormente sobre este tema e expliquei que os princípios básicos do Feng-Shui se baseiam na existência de uma energia vital (definida pela palavra japonesa "ki"), a qual deve fluir adequadamente num espaço para que os seus habitantes se sintam bem.
Não sendo especialista na área vou, ainda assim, fazer mais algumas recomendações genéricas que podem ajudar a melhorar a energia do espaço em que vive ou trabalha.
  1. Tente não estar na confluência de duas janelas ou no final de um corredor muito comprido. A "energia" que se gera nestas situações é muito rápida e chama-se "sha ki" ou "ki cortante". A solução para o problema passa, por exemplo, por colocar cortinas nas janelas ou uma pequena cortina no corredor.
  2. Mude imediatamente lâmpadas que se tenham fundido. As lâmpadas representam energia e, se se mantiverem inoperacionais, transmitem sensação de desleixo, pobreza e estagnação.
  3. Evite espaços muito húmidos e mande reparar imediatamente paredes danificadas pela humidade. A humidade excessiva cria um "ki" mais estagnado e contribui também para problemas de saúde.
  4. Se deseja criar um ambiente criativo e repousante, dê preferência a focos de luz apontados para cima, muito mais do que luz vinda do tecto. Isto é particularmente relevante em casa, mais do que no local de trabalho.
Esperando que os conselhos sejam úteis, despeço-me até à próxima crónica.
Lisboa - 2 de Junho de 2008
 
Saiba mais sobre o novo programa do Curso Anual de Feng Shui do IMP.