Colin Campbell em Lisboa

Assista aqui à gravação do seminário

Colin Campbell esteve em Lisboa em Junho de 2014, numa iniciativa inédita promovida pela Direção Geral de Saúde, Administração Central do Sistema de Saúde, Instituto Macrobiótico de Portugal e organizada pela Secretaria Geral do Ministério da Saúde no Seminário “Nutrição: Factos e Mitos”.

Com presença do Secretário de Estado - Fernando Leal da Costa  e do Diretor Geral de Saúde – Dr. Francisco George, este foi um palco de debate interessante sobre a saúde e alimentação na atualidade.

 

Seminário “Nutrição: Factos e Mitos”
As doenças degenerativas decorrem daquilo que comemos?

Para responder a esta e outras questões, estará em Portugal pela primeira vez o Dr. Colin Campbell - responsável pelo Estudo da China (The China Study ) o maior estudo epidemiológico sobre o efeito da alimentação e estilo de vida na saúde.
O Estudo da China produziu mais de 8000 associações significativas entre diversos fatores alimentares e várias doenças, aferindo uma relação entre a alimentação, o estilo de vida e as doenças degenerativas modernas.

Será que, como diz o Dr. Colin Campbell no Estudo da China, “o principal problema de saúde está associado à ingestão de laticínios e de carne”?

 

Sobre o Dr. Colin Campbell
Nascido nos EUA em 1934, T. Colin Campbell é um bioquímico que se especializou no efeito da nutrição na saúde.  Em 1961 doutorou-se em nutrição, bioquímica e microbiologia pela Universidade de Cornell.
Foi consultor sénior do “American Institute for Cancer Research” e faz parte do corpo consultivo do “Physicians Committee for Responsible Medicine”.
É, desde 1978, membro de imensos comités na “United States National Academy of Sciences”.
Foi um dos principais cientistas  a coordenar o China Study, o maior estudo epidemiológico sobre a relação entre alimentação, estilo de vida e as doenças degenerativas modernas.
Em 2010, após cirurgia cardíaca, Bill Clinton adotou as recomendações alimentares do Dr. Campbell, do Dr. Esselstyn e do Dr. Dean Ornish.

Sobre o Estudo da China
O Estudo da China (The China Study)  é o maior estudo epidemiológico jamais realizado sobre o efeito na saúde da alimentação e do estilo de vida.
Foi um empreendimento colossal realizado pelas Universidades de Cornell nos EUA, Oxford no Reino Unido e com o apoio da Academia Chinesa de Medicina Preventiva.
O estudo foi liderado pelo Dr. Colin Campbell, após centenas de estudos realizados em laboratório sob a tutela da “American Cancer Society” e dos “National Institutes of Health” (EUA) e pesquisa realizada por diversos cientistas em diferentes partes do Mundo.
Foi escolhida a China como local para pesquisa, pelo facto de existirem milhões de chineses que nascem e morrem no mesmo local, sem grandes alterações nos hábitos de vida ou alimentares, o que contribui para que os resultados sejam mais fidedignos.
O Estudo da China produziu mais de 8000 associações significativas entre diversos fatores alimentares e várias doenças, o que fez com que o “New York Times” o apelidasse do “Grande Prémio da Epidemiologia”.

 

Artigo de Francisco Varatojo sobre o livro "The China Study"

 

 

Outro Local: 
Auditório da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Data: 
18 Junho 2014
Horário: 
14h - 18h